Cinco dicas da Unicef para a segurança das crianças na internet em tempos de pandemia

Cinco dicas da Unicef para a segurança das crianças na internet em tempos de pandemia - Limifield

Cinco dicas do Unicef para a segurança das crianças na internet em tempos de pandemia

Com escolas fechadas por causa da covid-19, muitos alunos passam mais tempo em atividades online; Os pais devem estar atentos para perigos na rede. Estar conectado ajuda as crianças e adolescentes a reduzir o impacto desta nova (temporária) realidade e incentiva-os a continuar com sua vida. Mas também apresenta um novo conjunto de desafios para todos os pais, mães e responsáveis.

Para a Unicef, a nova realidade não está livre de perigos. Para minimizar os riscos online, a Unicef divulgou cinco dicas para os pais e tutores das crianças.

1.    Mantenha uma comunicação aberta, honesta e segura com as crianças 

Tenha um diálogo honesto com seus filhos e filhas sobre com quem e como eles se comunicam. Certifique-se de que eles entendam o valor das interações amáveis e de apoio e que o contato nocivo, discriminatório ou inadequado nunca é aceitável.

Trabalhe com seus filhos e filhas para estabelecer regras sobre como, quando e onde os dispositivos – computadores, tablets, smartphones – podem ser usados.

2.    Use a tecnologia para proteger as crianças 

Verifique se o dispositivo de seus filhos e filhas está executando softwares e programas antivírus atualizados e se as configurações de privacidade estão ativadas. Mantenha as webcams cobertas quando não estiverem em uso. Para crianças mais novas, ferramentas de controle parental, incluindo pesquisa segura, podem ajudar a manter positivas as experiências online. Seu filho ou filha nunca deve fornecer uma foto ou o nome completo para usar esses recursos. Lembre-se de verificar as configurações de privacidade para minimizar a coleta de dados.

3.    Passe tempo com seus filhos na internet

Crie oportunidades para seu filho ou filha ter interações online seguras e positivas com amigos, com familiares e com você. Conectar-se com outras pessoas é mais importante do que nunca. Aproveite a oportunidade para dar o exemplo, mostrando gentileza e empatia em suas “interações virtuais”.Passe um tempo com seu filho ou filha para identificar aplicativos, jogos e outros entretenimentos online adequados à idade deles.

4.    Alimente hábitos online saudáveis

Incentive seus filhos e filhas a que sejam gentis e respeitosos com os colegas de escola, a que tenham cuidado com as roupas que vestem e a que evitem participar de chamadas de vídeo em seu quarto.

À medida que crianças e adolescentes passam mais tempo online, eles podem ser expostos a mais publicidade que pode promover alimentação não saudável, estereótipos de gênero ou material inapropriado para sua idade. Ajude-os a reconhecer anúncios online e aproveite a oportunidade para explorar junto com eles o que há de errado com algumas das mensagens negativas que vocês veem.

 5. Deixe que eles se divirtam e se expressem

Incentive seu filho ou filha a tirar proveito das ferramentas digitais que os colocam em movimento, como vídeos online de exercícios físicos para crianças e videogames que exijam movimento físico. Lembre-se de equilibrar a recreação online com atividades offline, incluindo tempo ao ar livre, se possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *